Docinho de buriti e licuri elaborado por Luis Carrazza - Foto: Roberta Sá

Festival Brasil Sabor 2008 – relato das atividades em Brasília

A colaboração entre o Convivium Slow Food de Brasília e a ABRASEL-DF se iniciou durante a organização da programação gastronômica do Salão Nacional dos Territórios, realizado pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário, em Dezembro de 2006. De lá para cá algumas atividades foram desenvolvidas em conjunto, e este ano a presidência da associação nos ofereceu um espaço no Festival Brasil Sabor 2008.

Docinho de buriti e licuri elaborado por Luis Carrazza - Foto: Roberta Sá

Para a abertura do Festival alguns associados do Convivium Brasília criaram pratos inéditos e deliciosos, usando produtos de comunidades locais, da Arca do Gosto e Fortalezas, e apresentaram para o público participante os princípios da ecogastronomia. Esta atividade foi realizada em parceria com a Central do Cerrado , que não somente nos forneceu os produtos das comunidades como também os coordenadores participaram ativamente de toda a organização.

Depois desta atividade brilhante (e gostosa), realizada por várias cabeças pensantes e mãos realizadoras, tivemos a oportunidade de oferecer oficinas de ecogastronomia para adultos e oficinas do gosto para crianças. As atividades foram realizadas em duas edições, nos dias 19 de março e 03 de maio, no Terraço Shopping. Para estas atividades contamos com a colaboração fundamental da Kaza Chique , e esperamos poder continuar colaborando.  

Oficinas Para Crianças

Oficina para crianças - Foto: Roberta Sá

Trabalhar com 30 crianças de 4 a 8 anos, e mantê-las atentas e interessadas durante duas horas, em meio a um centro comercial cheio de outros estímulos não é tarefa fácil. Esta atividade foi coordenada por Juliana de Andrade (psicóloga e estudante de gastronomia), Joana Pereira (nutricionista e estudante de gastronomia) e Alessandra Teixeira (estudante de gastronomia). Durante a oficina as crianças cheiraram, provaram, mexeram, cortaram, falaram muito e comeram. Juntas fizeram um bolinho saudável usando aveia, maçã, banana e geléia de jabuticaba produzida por uma comunidade do alimento local. Depois rechearam tomates e comeram, com muito gosto, tudo o que fizeram. E ao final, o mais gostoso foi sentir que estas crianças querem mais, não querem ir embora. Algumas até voltaram para a segunda oficina, duas semanas depois.

 

Oficina de ecogastronomia para adultosChef Leninha Camargo na oficina para adultos - Foto: Roberta Sá

Os adultos assistiram ao vídeo sobre a Fundação Slow Food discutiram um pouco juntos sobre biodiversidade, agricultura, ecogastronomia e os critérios de qualidade para os alimentos – BOM, LIMPO e JUSTO. Em seguida foram para a cozinha acompanhados pela Chef Leninha Camargo, que se aproximou do convivium durante o Terra Madre Brasil e desde então tem sido grande colaboradora e divulgadora do movimento. Na primeira oficina, no dia 19 de março, os adultos aprenderam a fazer uma deliciosa salada de arroz vermelho com castanha de baru e bacalhau e um espaguete de pupunha delicioso. Na oficina do dia 03 de maio foi a vez de uma salada de sete grãos com licuri e frango defumado e risoto de galinha caipira com pequi. Nas oficinas para adultos também tivemos alunos que repetiram a dose, ou seja, participaram das duas edições.

O Convivium de Brasília agradece a todos e todas que participaram e colaboraram na organização das atividades. Mais imagens das oficinas foram publicadas na página do Convivium


Roberta é coordenadora dos projetos do Slow Food no Brasil e membro do Convivium de Brasília .

 

Deixe um comentário:

Últimas notícias

Visual Portfolio, Posts & Image Gallery for WordPress

Comida, Comunidade e Regeneração

Date 18 julho, 2022
Regeneração é o tema do Terra Madre – Salone del Gusto 2022, que tem como objetivo ressaltar o protagonismo da agricultura familiar...

Slow Food Indica

Date 16 julho, 2022
Visibilidade e acesso a mercados mais competitivos para alimentos bons, limpos e justos Mais um passo está sendo dado para qualificar a...

Intercâmbio de culturas alimentares

Date 14 julho, 2022
Jovens do povo Tremembé da Barra do Mundaú viajaram do litoral oeste do Ceará até a terra indígena do povo Tabajara do...