Fontes de acesso

1 ano do site Slow Food Brasil

O Slow Food Brasil alcança o primeiro ano com 20mil vistas ao mês e 70mil pageviews mensais. São mais de 850 pessoas cadastradas para receber as notícias do site via RSS e por email. O reconhecimento do site aparece no número de links presentes na Wikipédia para o Slow Food Brasil e também nas várias citações e links em revistas, sites, blogs e portais de gastronomia, ciência, cultura e saúde. Tudo isso é fruto de trabalho constante de aperfeiçoamento do site, otimização do conteúdo para mecanismos de busca e contato e articulação com a mídia.

Veja alguns números do site:

– 150mil visitas desde que o site foi ao ar em julho de 2007

– 601 mil visualizações de página (pageviews)

– O site foi visitado em mais de 2 mil cidades ao redor do mundo

– Só no Brasil, foi visitado em 280 cidades diferentes

– No ranking do Google, o site atingiu pagerank 5 (essa é a classificação do portal Terra, por exemplo)

– O site já tem 180 textos publicados: entre artigos, colunas e textos sobre a Arca do Gosto, Fortalezas Brasileiras, comunidades e campanhas do slow food. Vários destes textos estão em destaque nos resultados do Google, alguns deles em primeiro lugar.

Formas de chegar no site
Fontes de acesso
Legenda do gráfico:
Mecanismos de busca = Pessoas que chegam ao site através de pesquisas em sites como Google, Yahoo Busca etc
Sites de referência = Pessoas que chegam ao site quando clicam em links em outros sites como Slow Food Brasil, Planeta Orgânico, Portal Agroecologia (KAS), Webmails (Gmail, Uol, Hotmail, Yahoo Mail) etc
–  Tráfego direto = Pessoas que digitam o endereço no navegador para entrar no site, ou que chegam a partir de links em emails acessados no desktop (Outlook, Thunderbird etc)

Acesso do site no mundo:
Acesso por país
Países que mais acessaram o site:
Países que mais acessaram o site

Acesso no Brasil:
Acessos no Brasil

Cidades brasileiras que mais acessaram o site:
Cidades com mais visitas
(39,5% é o total das outras cidades somadas)

Tudo isso é fruto de trabalho das pessoas que se dedicaram à publicação de conteúdo no site, ao trabalho de moderação de comentários e à administração do site. Esse resultado não seria possível sem a sintonia e colaboração entre as pessoas envolvidas. Parabéns a todos.


Marcelo Terça-Nada é diretor de mídias eletrônicas da DoDesign-s

Deixe um comentário:

Últimas notícias

Visual Portfolio, Posts & Image Gallery for WordPress

Como a cidade pode e deve apoiar o campo?

Date 17 junho, 2022
Na busca por respostas, um consenso é de que qualquer solução passa pela mudança da forma como consumimos, produzimos e distribuímos alimentos.