Dia 22 de Abril é Dia da Mandioca!

Em 22 de Abril de 1500, o navegador Pedro Alvares Cabral descobriu o Brasil.

E também, a mandioca.

Criada pela Embrapa em 2007, a data coincide com o Descobrimento devido à relevância da raiz, que foi encontrada pelos portugueses já em 1500. “A mandioca sempre foi importante para o Brasil. Prova disso é que a nossa primeira Constituição, em 1824, recebeu o nome de Constituição da Mandioca”, recorda Joselito Motta pesquisador da Embrapa de Cruz das Almas/BA.

Portanto, afinado com a missão de resgate e celebração das tradições o movimento Slow Food São Paulo articulou, com seus membros, ações que formaram um circuito educativo e um circuito gastronômico para celebrar a Mandioca! 

O CIRCUITO EDUCATIVO

As celebrações começam pela manhã com a Oficina de Tapioca que a Prof. Ana Tomazoni vai liderar no Espaço-Escola Tomazoni em São Bernardo do Campo aula aberta e gratuita voltada para crianças e mamães interessadas em aprender atividades culinárias que se possa atuar juntos na cozinha.

A tarde seguimos pra a Faculdade Aberta da Terceira Idade  da UniSantanna onde acontecerá A “Oficina de Sabores & Sentidos” com  alunos adultos, acima dos 60 anos.  A idéia é conduzir o aluno numa viagem sensorial e afetiva através do resgate e troca de receitas além de degustações de quitutes da mandioca.

A noite, o momento educativo segue para o Espaço ZYM com a palestra interativa da  pesquisadora científica Maluh Barciotte criadora do movimento "Viva Bem no Mundo que Você Têm". Essa palestra lança novos olhares sobre Sustentabilidade. Elucidará a nova ISO 26000 (a ISO da  Responsabilidade Social), o Consumo Responsável, a Nova Gastronomia e o projeto Carta da Terra.  Essas são informações de ponta para quem almeja saber mais sobre como se adaptar a uma sociedade sustentável na prática efetiva do dia-a-dia. 

O CIRCUITO GASTRONOMICO

Para essa data os chefs da rede Slow Food São Paulo Claudia Mattos do Zym Café, Anayde Lima do Júlia Gastronomia,e o italiano Sauro Scarabotta do Friccó. Tanea Romão (Gonçalves/MG) e o restaurante Kaverna (Alto do Ribeira/SP) criaram pratos especiais em homenagem a mandioca.

MAS O IMPORTANTE É CELEBRAR A COLETIVIDADE!

Na base de toda essa ação aqui em São Paulo está a amizade e o prazer de conviver e atuar em conjunto. Convidamos todos para celebrar a mandioca seja nos restaurantes ou em suas casas, com seus amigosRecorram ao cadernos de receitas da família e busquem ali uma receita gostosa, ou uma forma nunca comida antes de mandioca, aquela forma que sempre quis comer e nunca teve coragem de fazer. .  Mas, aos que estiverem em São Paulo puderem ir até um dos restaurantes ou nas oficinas do circuito experimentarão preciosidades como a que a Chef Claudia Mattos preparou:  Sorvete de Mandioca! Um final refrescante e desafiador para um dia de muita movimentação Slow.

Leia mais sobre a agenda do Dia da Mandioca:

Deixe um comentário:

Últimas notícias

Visual Portfolio, Posts & Image Gallery for WordPress

Como a cidade pode e deve apoiar o campo?

Date 17 junho, 2022
Na busca por respostas, um consenso é de que qualquer solução passa pela mudança da forma como consumimos, produzimos e distribuímos alimentos.