Agriminas 2011: 6ª Feira da Agricultura Familiar de Minas Gerais

Belo Horizonte vai sediar entre 18 e 21 de agosto de 2011 a 6ª edição da Feira da Agricultura Familiar de Minas Gerais (Agriminas). A feira é uma promoção da Federação dos Trabalhadores na Agricultura de Minas Gerais (Fetaemg) e será realizada na Serraria Souza Pinto. Após cinco bem-sucedidas edições, a feira está consolidada como oportunidade para que produtores da agricultura familiar e de áreas de assentamentos de reforma agrária no Estado apresentem a sua produção aos mercados do varejo e do atacado e também ao consumidor final. Um dos objetivos da feira é propiciar à população em geral conhecer a diversidade da produção da agricultura familiar e adquirir produtos com segurança alimentar e provenientes de lavouras com manejo sustentável.

Cerca de 125 empreendimentos da  agricultura familiar procedentes de várias regiões de Minas Gerais participam da Agriminas 2011. Com isso, a feira apresenta um completo panorama do que é produzido no Estado. Durante quatro dias, empresários do setor de alimentos e consumidores poderão conhecer uma extensa e variada lista de produtos, entre eles café, fubá, farinhas, hortaliças, temperos e condimentos, diversos tipos de queijo Minas, biscoitos, mel, doces, licores e cachaças. Presente, também, o artesanato rural em palha de milho e de banana, couro, pedras, cabaças, cerâmica e bambu

.

A agricultura familiar responde por mais da metade do conjunto dos produtos da cesta básica do brasileiro, chegando a cerca de 70% do total de itens. A produção familiar responde, entre outros, por  83% da produção mineira de mandioca, 47% do milho,  44% do  arroz e 32% tanto do volume de café quanto de feijão e 48% da produção de leite.  Os pequenos agricultores respondem, também, por 34% do rebanho bovino, 30% do rebanho suíno e 28% do plantel de aves.

Merenda Escolar –  Vilson Luís, que preside a Fetaemg e o Conselho de Alimentação Escolar de Minas Gerais (CAE),  entidade que reúne pais de alunos, governo e diversas instituições, com o objetivo de fiscalizar a utilização, pelas escolas, dos recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).  Nesse contexto, ele acredita que a lei 11.947, de junho de 2009 – prevendo que as escolas públicas adquiram no mínimo 30% dos produtos da agricultura familiar para a merenda escolar servida aos estudantes – trouxe um novo impulso à atividade.

Protagonista das mudanças – "A agricultura familiar deixou de ser uma atividade de subsistência para assumir o perfil de pequenos empreendimentos com negócios que estão mudando a qualidade de vida das pessoas no campo", argumenta Vilson. O dirigente cita números como a existência, em Minas, de cerca de 15 mil agroindústrias familiares "produzindo de tudo um pouco" e de perto de 400 mil pequenas propriedades.  Para ele, a agricultura familiar produz em lavouras com manejo sustentável, sem a utilização de agrotóxicos, e esse é um diferencial. "Nosso desafio é mostrar para a sociedade que a produção familiar, além de produzir alimentos saudáveis, é protagonista de emprego e renda no meio rural, ao responder por 70% dos produtos da cesta básica", diz.

Palestras e capacitação – Durante a feira serão realizadas várias palestras com o objetivo de contribuir para a capacitação e treinamento dos agricultores familiares.  Dom Mauro Morelli, presidente do Consea, vai falar sobre "A importância da agricultura familiar na segurança alimentar e nutricional no campo". O presidente da Fetaemg vai abordar o tema "Agricultura familiar na produção de alimentos para a Alimentação Escolar saudável" e Wylton Antônio Verçosa, da Secretaria de Estado da Fazenda,  abordará "Legislação tributária para os produtos da agricultura familiar no estado de Minas Gerais."  O tema  "Habilitação sanitária em estabelecimentos Rurais – Lei 19.476 de 12/01/2011" terá explanação a cargo de Ana Helena Machado Junqueira Cunha, da Secretaria de Agricultura de Minas. 

Mais informações: www.fetaemg.org.br/agriminas2011 – (31) 3073.0000

>> Veja o que foi publicado no Slow Food Brasil sobre a edição de 2010 da feira: www.slowfoodbrasil.com/content/view/388/95/

Deixe um comentário:

Últimas notícias

Visual Portfolio, Posts & Image Gallery for WordPress

Comida, Comunidade e Regeneração

Date 18 julho, 2022
Regeneração é o tema do Terra Madre – Salone del Gusto 2022, que tem como objetivo ressaltar o protagonismo da agricultura familiar...

Slow Food Indica

Date 16 julho, 2022
Visibilidade e acesso a mercados mais competitivos para alimentos bons, limpos e justos Mais um passo está sendo dado para qualificar a...

Intercâmbio de culturas alimentares

Date 14 julho, 2022
Jovens do povo Tremembé da Barra do Mundaú viajaram do litoral oeste do Ceará até a terra indígena do povo Tabajara do...