I Encontro Nacional do Grupo de Trabalho sobre Queijos Artesanais do Slow Food Brasil

Convidamos tod@s @s interessad@s a participarem do I Encontro Nacional do Grupo de Trabalho sobre Queijos Artesanais do Slow Food Brasil, dia 22/nov/2011 e do I Simpósio Nacional de Queijos Artesanais, de 23 a 25 de novembro de 2011, ambos em Fortaleza (Ceará, Brasil).

O Slow Food Brasil foi convidado a participar do 1º Simpósio de Queijos Artesanais do Brasil e para fortalecer  esta participação formou-se um Grupo de Trabalho em Queijos Artesanais, com membros do Slow Food e  parceiros, tendo como norte o Manifesto Internacional em Defesa dos Queijos de Leite Cru . Nossa preocupação  é salvaguarda da cultura, modos de vida e saberes envolvidos na produção de queijos artesanais, ameaçados por uma legislação sanitária baseada em padrões industriais. Entendemos que a divulgação dessa causa é de grande importância no Brasil e que o Slow Food tem um importante papel a cumprir.

Além dos membros do Grupo de Trabalho, estamos nos mobilizando para garantir a presença de pelo menos um produtor artesanal de cada tipo de queijo identificado até o momento:

  • Queijo Serrano: Rio Grande do Sul e Santa Catarina
  • Queijo Colonial: Oeste de Santa Catarina
  • Queijos Mineiros: Salitre, Canastra e Serro
  • Queijos do Nordeste: coalho, queijo manteiga, requeijão
  • Queijo Marajoara: Pará

Aproveitando a ida destas pessoas, estamos organizando o I Encontro Nacional do Grupo de Trabalho sobre Queijos Artesanais do Slow Food Brasil, que será realizado em Fortaleza, dia 22/nov/2011, aberto aos interessados.  Para participar é preciso inscrever-se no email: sfqueijosartesanais@gmail.com , informando:  Nome completo, Profissão, Cidade, Estado, Convivium (se for associado ao Slow Food) e qual o interesse em participar . As vagas são limitadas (pelo espaço disponível na sala). Segue a programação.
Comunicamos que os associados do Slow Food têm desconto para a inscrição no I Simpósio. Se houver dificuldade, entrar em contato conosco, no email indicado acima .

Esperamos que estes eventos fortaleçam o Slow Food no Brasil para que tenhamos melhores condições de contribuir para a valorização e legitimação de nossos produtores e produtos artesanais tradicionais, ameaçados de desaparecer.

Cenia Salles e Bibi Cintrão
pelo Grupo de Trabalho em Queijos Artesanais


I Encontro Nacional do Grupo de Trabalho sobre Queijos Artesanais do Brasil: O Saber-Fazer Tradicional e o papel do Movimento Slow Food 

DATA: 22/11/2011
HORÁRIO: 14h às 19h
LOCAL: Centro Dragão do Mar de Arte Cultura – Rua Dragão do Mar, 81, Praia de Iracema Fortaleza-CE

Programação

14:00 – ABERTURA

  • Apresentação dos participantes, dos objetivos do Encontro, da pauta e do histórico do Grupo de Trabalho sobre Queijos Artesanais – Cênia Salles e Bibi Cintrão e (10 minutos)
  • Ações internacionais do Slow Food em defesa dos queijos de leite cru: conquistas e desafios – Piero Sardo (20 min)
  • As iniciativas da Sertao Bras em defesa dos queijos de leite cru (10 min)
  • Apresentação do Projeto do Centro cultural – Dragão do Mar – Comidas do Ceará e a Rota dos Queijos (20 min)

15:00 – APRESENTAÇÃO DOS QUEIJOS ARTESANAIS DO BRASIL

A apresentação de cada queijo será feita pelos produtores, seguindo um roteiro de fotos preparado pelos membros do Grupo de Trabalho e incluindo uma degustação/ prova do queijo:

  • Nordeste (30 min)
  • Ceará –  Queijo de Coalho: Francisco Nogueira Neto
  • Rio Grande do Norte – Queijo de Manteiga:  Marcos Joberlânio S. Dantas
  • Sergipe – Queijo de Coalho e Requeijão do Sertão – Rosimeire Marins Lemos
  • Minas Gerais (30 min)
    Queijo Salitre: produtor João José de Melo (10 min)
    Queijo Canastra: produtor Luciano Carvalho Machado (10 min)
    Queijo do Serro: produtor Carlos Drumond (10 min)
  • Santa Catarina – Queijo Colonial – produtor Valdir Magri (15 min)
  • Rio Grande do Sul – Queijo Serrano: produtores Antônio e Maria Lopes (15 min)
  • Pará – Queijo Marajó: produtora Lúcia Gabriela Gouveia (15 min)

17:45 – Intervalo

18:00 – DISCUSSÃO: Balanço da Produção de Queijos Artesanais no Brasil e Papel do Movimento Slow Food: o que pode ser feito em defesa dos queijos artesanais?

19:00 – Encerramento e Jantar de confraternização


Mais informações sobre Queijos de Leite Cru nos links:

1º Simpósio de Queijos Artesanais do Brasil

Manifesto Internacional do Slow Food em defesa dos queijos de leite cru

Campanha Queijos Leite Cru – Slow Food Internacional (não tem em português)

Artigo de Piero Sardo – Segurança que mata – conto sobre a floresta (lindo!)  

Entrevista com Piero Sardo no caderno Paladar  

 


Participantes do Grupo de Trabalho em Queijos Artesanais:

Adriana Lucena – Líder do Convivium Potiguar, membro Comissão da Arca do Gosto, chef, produtora rural.

Bibi Cintrão –  Convivium Slow Food Rio de Janeiro, membro Comissão Brasileira da Arca do Gosto,  Associada da Rede Ecológica. Pesquisadora na área de desenvolvimento rural e políticas públicas para agricultura. Agrônoma/Cientista Social.

Carlos Doria – diretor da ONG Sertão Bras, defensora dos queijos artesanais mineiros de leite cru. Doutor em sociologia pela Unicamp,  estudioso da culinária e gastronomia, autor de vários livros sobre o tema. Autor do blog e-Boca Livre.

Cenia Salles – Lider Convivium Slow food São Paulo,  Presidente do Instituto Slow Food São Paulo. Consultora gastronômica

Clóvis Dorigon – Associado do Slow Food, Pesqu isador da Epagri – SC. Tese de doutorado e pesquisas sobre os produtos coloniais no Oeste de Santa Catarina, seus processos e técnicas tradicionais de produção. Agrônomo.

Denise Gonçalves – Lider do convivium Slow Food Petrópolis-RJ. Historiadora da arte com experiência em  patrimônio histórico e cultural, estuda  história da culinária.

Fabiana Thomé da Cruz – Doutoranda em Desenvolvimento Rural (PGDR/UFRGS). Pesquisa sobre a valorização de alimentos tradicionais, tendo como obj eto de estudo o Queijo Serrano. Co-editora da Coluna "Alimentação e Cultura" do site do Slow Food Brasil.

Fábio Sicilia – Líder do Convivium Slow Food Amazônia-Belém. Chef, Restaurante Famiglia Sicilia

Jaqueline Sgarbi –  Doutoranda em Sistemas de Produção Agrícola Familiar/UFPel. Pesquisa o Queijo Serrano, instrumentos de salvaguarada e conflitos legais. Convivium Produtos da Terra-RS.

Katia Karam Toralles – Llíder do Convivium de Pirenópolis, Presidente da Comissão Brasileira da Arca do Gosto,  Produtora de leite. Antropóloga

Margarida Nogueira – Líder do Convivium Slow Food Rio de Janeiro. Chef.

Maria Lucia Barreto Sá – Professora da Universidade Estadual do Ceará, Nutricionista. Pesquisa queijos tradicionais.

Mauricio Fonseca –  Historiador, Responsável  Técnico pela Fortaleza do Palmito Juçara, Membro do Convivium SP e da Comissão Brasileira da Arca do Gosto.

Renata Menasche – Editora da Coluna "Alimentação e Cultura" do site do Slow Food Brasil. Doutora em Antropologia Social, professora da UFPel e do PGDR/UFRGS. A partir da Antropologia da Alimentação, pesquisa produtos locais e comida como patrimônio.

Sônia de Souza Mendonça Menezes – Doutora em Geografia, professora da Universidade Federal de Sergipe, Pesquisa história da produção de queijos e interfaces da produção e comercialização em Sergipe (Requeijão do Sertão e Queijo de Coalho).

Teresa Corção – Presidente do Instituto Maniva, membro do Convivium Slow Food Rio de Janeiro. Chef, dona do Restaurante O Navegador.


Deixe um comentário:

Últimas notícias

Visual Portfolio, Posts & Image Gallery for WordPress

Como a cidade pode e deve apoiar o campo?

Date 17 junho, 2022
Na busca por respostas, um consenso é de que qualquer solução passa pela mudança da forma como consumimos, produzimos e distribuímos alimentos.