VI Seminário do Museu da Gastronomia Baiana

O VI Seminário do Museu da Gastronomia Baiana acontece nos dias 21 e 23 de agosto de 2012 em Salvador (Bahia – Brasil), com objetivo de ser um espaço de busca de cultura contextualizada, e de difusão do conhecimento a partir dos patrimônios consoantes a história, a sociedade, economia, matrizes étnicas e pluralismos e identidades que caracterizam a Bahia.

A sexta edição do Seminário tem como tema “Farinha de Mandioca: cultura & gastronomia” e reúne especialistas nas áreas de gastronomia, antropologia, sociologia, nutrição, comunicação e turismo. No dia 21/8 (terça-feira) ocorrerão as conferências, paineis, comunicados e debates. No dia 23/8 (quinta-feira) acontecem as Oficinas “Farofas&Pirões”.

Veja mais informações e a programação completa:

 

Público alvo: Profissionais e alunos das áreats de gastronomia, nutrição, história, turismo e hospitalidade.
Inscrições: R$ 40,00 (quarenta reais)
Incrições para oficinas: Gratuitas • VAGAS LIMITADAS
*Os interessados em participar das oficinas deverão realizar a inscrição no mesmo momento da inscrição para o VI Seminário de Gastronomia.

INSCRIÇÕES NAS UNIDADES DO SENAC em Salvador

PELOURINHO • LOJA DOCES & LIVROS
Praça José de Alencar 13/19 • Largo do Pelourinho

AQUIDABÃ
Rua J. J. Seabra 403 . Baixa dos Sapateiros

CASA DO COMÉRCIO
Av. Tancredo Neves 1.109 • Edifício Casa do Comércio 5ºandar • Pituba

INFORMAÇÕES
Tel. (55) 71 3186-4000 • senac@ba.senac.br

Programação

13h00 Credenciamento

14h00 Abertura

14h15 Conferência
FARINHA BOA
Prof. Joselito da Silva Motta
– Engenheiro Agrônomo, Mestrado em Extensão Rural e Concentração em Transferência de Tecnologia, Pesquisador ‘Usos da Mandioca” da Embrapa. Desenvolve ações com a cultura da mandioca, com treinamentos para professores, técnicos brasileiros e da África de língua portuguesa, inglesa, francesa, Ásia e América.

14h55 Conferência
FARINHA NO PRATO
Prof. Odilon Castro
– Professor do Curso de Bachalerado em Gastronomia da UFBA, Ex-coordenador do Curso de Gastronomia da UNIFACS. Cozinheiro Profissional certificado pela ABNT. Mestre em alimentos, Nutrição e Saúde pela Escola de Nutrição da UFBA. Especializado em Administração Hoteleira (UFBA / SENAC). Graduado em jornalismo (UFG).

FARINHA NA GASTRONOMIA BRASILEIRA
Prof. Asdrubal Vieira Senra
– Professor da UFBA; Prof. Instrutor convidado da UNIVALI-SC, atua como prof. de Cozinha Brasileira, de Cozinha latino-americana e Espanhola; pesquisador em cultura e alimentação brasileira.

15h35 Intervalo: “Café com farinha”

16h15 Painel
PARTICIPAÇÃO DOS ALUNOS DE GASTRONOMIA E NUTRIÇÃO.
Coordenação Prof. Odilon Castro

17h30 Comunicados
QUALIDADE, IDENTIDADE E NOTORIEDADE DA FARINHA DE MANDIOCA DE NAZARÉ DAS FARINHAS: UMA CONTRIBUIÇÃO A INDICAÇÃO GEOGRÁFICA
Profª. Drª. Janice Izabel Druzian
– Graduação em Química Industrial, mestrado em Química, e doutorado em Ciência de Alimentos pela UNICAMP. Atualmente é professora Associada I da UFBA na Faculdade de Farmácia. Tem experiência na área de Ciência e Tecnologia de Alimentos, Biotecnologia, e Proteção da Propriedade Intelectual (Patente e Indicação Geográfica).

SALVE A CASA DE FARINHA
Fernanda Cabrini e Marcelo Terça-Nada (líderes do Slow Food Salvador)

18h Debates

18h15 Encerramento

Programação Oficinas Farofas&Pirões

Dia: 23/08/2012

Oficina I: Horários: de 13h as 16h
FAROFA DE SABIÁ
Histórico da farofa / procedência:
PIRÃO DE LEITE COM QUEIJO COALHO
Histórico da farofa / procedência: típico do nordeste, feito com leite, manteiga de garrafa e pedaços de queijo coalho. Serve-se com carne do sol assada na brasa.
PAÇOCA DE CARNE SECA
Histórico da farofa / procedência: carne do sol assada, moída no pilão junto com a farinha.

Oficina II: Horários: de 16h30 as 19h30
PAÇOCA DA VOVÓ
Histórico da farofa / procedência: feito com tapioca, coco ralado e açúcar. Assada no forno.
PIRÃO PRAIEIRO (COM CALDO DE PEIXE)
Histórico do pirão / procedência: feito com caldo e pedaços de peixe.
FAROFA OSWALDO ARANHA
Histórico da farofa/ procedência: conhecida como uma farofa especial, onde se usa materiais variados como arroz, batatas fritas, bacon, banana e ovos.

Dia: 24/08/2012

Oficina I: Horários: de 13h as 16h
FAROFA DE SABIÁ
Histórico da farofa / procedência:
PIRÃO DE LEITE COM QUEIJO COALHO
Histórico da farofa / procedência: típico do nordeste, feito com leite, manteiga de garrafa e pedaços de queijo coalho. Serve-se com carne do sol assada na brasa.
PAÇOCA DE CARNE SECA
Histórico da farofa / procedência: carne do sol assada, moída no pilão junto com a farinha.

Oficina II: Horários: de 16h30 as 19h30
PAÇOCA DA VOVÓ
Histórico da farofa / procedência: feito com tapioca, coco ralado e açúcar. Assada no forno.
PIRÃO PRAIEIRO (COM CALDO DE PEIXE)
Histórico do pirão / procedência: feito com caldo e pedaços de peixe.
FAROFA OSWALDO ARANHA
Histórico da farofa/ procedência: conhecida como uma farofa especial, onde se usa materiais variados como arroz, batatas fritas, bacon, banana e ovos.

Teatro Sesc Senac Pelourinho • Praça José de Alencar 13/19 • Largo do Pelourinho
CEP 40025-140 • Salvador • Bahia • Brasil

Deixe um comentário:

Últimas notícias

Visual Portfolio, Posts & Image Gallery for WordPress

Como a cidade pode e deve apoiar o campo?

Date 17 junho, 2022
Na busca por respostas, um consenso é de que qualquer solução passa pela mudança da forma como consumimos, produzimos e distribuímos alimentos.