O Slow Food apresenta novas Fortalezas no Salone del Gusto

Organizado pelo Slow Food o evento internacional do Salone del Gusto estará de volta em Turim, Itália, celebrando a sua 10a edição. O Salone del Gusto, dedicado ao mundo dos alimentos, e o encontro internacional do Terra Madre,  rede dos pequenos produtores do mundo inteiro, que está completando 10 anos, serão realizados, pela segunda vez, como evento único. O Salone del Gusto e Terra Madre 2014 vão acontecer de 23 a 27 de outubro, no Centro Lingotto Fiere de Turim, contando com a presença de mais de 1.000 expositores vindos de 130 países.

O Slow Food está se preparando para acolher alguns novos produtos, na família das Fortalezas. Coordenado pela Fundação Slow Food para a Biodiversidade, o projeto das Fortalezas, desde 2003, trabalha para defender os produtores de pequenas escala (e seus produtos). O projeto envolve hoje mais de 13 mil agricultores e produtores, em mais de 50 países, e já ajudou a defender mais de 400 produtos em risco de extinção.

Essas são as novas Fortalezas que serão apresentadas no Salone del Gusto e Terra Madre 2014:

Da Europa, o maravilhoso xarope artesanal do Pays de Herve e de Hesbaye, na Bélgica – orgulho desta região que conta com uma tradição de séculos. Mas, infelizmente, poucos reconhecem hoje a diferença entre os xaropes industriais e as versões artesanais, produzidas exclusivamente com variedades locais de maçã e pera, sem adição de açúcar. Por isto, a nova Fortaleza reúne as quatro famílias que ainda produzem esta bebida a partir da receita e métodos de produção tradicionais, transmitida de geração para geração, e que prevê exclusivamente variedades de frutas locais.

Da Bélgica, vamos para a França, onde os visitantes poderão fazer um brinde com uma SidraBasca. Refrescante e um pouco azeda, há séculos a sidra faz parte da tradição local. As maçãs utilizadas, de variedades locais, dão à sidra uma acidez muito elevada, diferenciando-a das sidras da Normandia e de Astúrias. Levemente efervescente, turva e robusta, a sidra tem teor alcoólico entre 5-11%. A Fortaleza trabalha com a cooperativa Sagartzea, que reúne trabalhadores que cultivam maçãs locais apropriadas para a produção desta bebida.

Na área do mercado dedicada à África, descobrimos imediatamente o Mel de abelhas Ogiek da Floresta Mau, no Quênia, o único lugar do mundo onde ainda existe esta variedade de abelhas. O mel representa uma fonte de renda importante para a comunidade indígena de Mariashoni. O néctar preferido pelas abelhas é o de flor de Dobeya, que confere ao mel uma coloração esbranquiçada e sabor inconfundível. O mel é produzido ainda hoje nas colmeias tradicionais: grandes cilindros feitos com madeira de cedro vermelho, pendurados às árvores.

As ilhas Quirimbas são um arquipélago de 32 ilhas ao norte de Moçambique. Uma das ilhas principais, Ibo, tem apenas 400 habitantes, cuja atividade principal é a pesca. Na ilha é também cultivada uma variedade de café, adaptada ao clima e que ainda cresce espontânea – embora seja hoje cultivada por muitas famílias em suas hortas. Este café tem baixo teor de cafeina e desenvolve um aroma de menta, eucalipto e alcaçuz, tornando-se único. A Fortaleza visa preservar um ecossistema único, onde o café doIbo é uma importante fonte de renda para os pescadores locais, reduzindo a exploração de recursos marinhos e preservando o equilíbrio do Parque Nacional das Quirimbas.

Duas Fortalezas coreanas também estarão em Turim: a pasta de soja fermentada da Ilha de Jeju no sudeste da Coreia é um alimento fundamental da culinária coreana. Utiliza-se para temperar carnes, peixes e sopas. Tem características nutricionais interessantes: em épocas de crise, as pessoas sobreviveram com uma dieta à base de arroz e pasta de Jeju. Este produto da ilha de Jeju tem características únicas e um sabor inconfundível: doce, azedo e intenso graças à variedade local de soja e ao uso de um fermento específico chamado Nuruk.

O chá Don é um chá fermentado produzido na Coreia, segundo uma antiguíssima tradição. Dizem que o seu uso está ligado à difusão do Budismo na China. O seu nome, Don, vem do nome coreano de uma moedinha de cobre, redonda e achatada, com um furo no meio. A difusão do café e dos chás do Japão modificaram os hábitos tradicionais coreanos, ligados ao chá Don, ameaçando a sua sobrevivência. Uma curiosidade: o chá Don é conhecido também por suas propriedades medicinais. Dizem que favorece a visão, que é um excelente desintoxicante e que auda a baixar a febre.

Desembarcamos agora na América do Sul, onde, nas planícies da Argentina do Gran Chaco, as árvores de algarrobo branco, Chañar e Mistol, foram parte da dieta local desde a época pré-colombiana. Os frutos se usavam para preparar farinhas, pratos tradicionais e medicamentos. O contato com as populações europeias, contudo, provocou a perda da dieta tradicional e, hoje, as frutas silvestres do Gran Chaco estão em risco de extinção. A Fortaleza nasceu graças à colaboração com a Fundação Gran Chaco e com a Cooperativa de Mulheres Artesãs do Gran Chaco, com o objetivo de reduzir o abandono da região e o empobrecimento da alimentação da população local.

A nossa volta ao mundo termina na Colômbia, onde encontramos o Caranguejo Preto de Providencia na ilhazinha de Providencia, no Mar do Caribe. Em 2010, a ilha foi declarada Reserva da Biosfera pela Unesco. Os caranguejos pretos locais vivem na floresta seca da ilha, desempenhando um papel chave na culinária local. Os habitantes de Providencia, descendentes dos escravos africanos e dos navegantes britânicos, capturam os caranguejos com as mãos, durante a noite. No dia seguinte preparam sopas e outros pratos que são vendidos na ilha vizinha de San Andrés. A Fortaleza trabalha com os pescadores para ajudá-los a encontrar novas fontes de renda, diversificando suas atividades: pesca, turismo, coleta de ervas silvestres e gastronomia.

Esta é apenas uma amostra das Fortalezas que estarão presentes no Salone del Gusto e Terra Madre 2014. A seguir a lista completa:

ÁFRICA

  • Egito –Galinha Bigawi
  • Quênia – Mel de abelha Ogiek
  • Quênia –Ovelha de Molo
  • Moçambique –Café do Ibo
  • Uganda –Vaca Ankole

ÁSIA

  • Coreia – Pasta de soja fermentada tradicional da Ilha Jeju
  • Coreia – Galinha Yeonsan Ogye
  • Coreia – Chá Don
  • Coreia – Sanchae da Ilha de Ulleung

AMÉRICA LATINA

  • Argentina – Frutas silvestres do Gran Chaco
  • Colômbia – Caranguejo preto de Providencia

EUROPA

  • Albânia – Gliko de Përmet
  • Bélgica – Herve de leite cru
  • Bélgica – Xaropes artesanais de Pays de Herve e Hesbaye
  • França – Cordeiro da raça Manex Tête Noire
  • França – Antigas variedades de cereja de Itxassou
  • França – Queijos de montanha de Irati
  • França – Porco basco da Kintoa
  • França – Milho Grand Roux Basco
  • França – Pimenta doce do País Basco e de Seignanx
  • França – Sidra Basca
  • Macedônia – Pimentão de Bukovo
  • Holanda – Raça bovina Lakenvelder
  • Holanda – Raça bovina Brandrood
  • Sérvia – Rakjia de ameixa Crvena Ranka de Gledić
  • Itália – Pera Signora do Valle del Sinni
  • Itália – Cebola de Alife
  • Itália – Azeitona Caiazzana
  • Itália – Lentilha de Rascino
  • Itália – Feijão de Arsoli
  • Itália – Feijão gigante de Vallepietra
  • Itália – Broccoli Chiacchietegli de Priverno
  • Itália – Giglietto de Palestrina
  • Itália – Sospiro de Bisceglie
  • Itália – Fava gigante de Leonforte
  • Itália – Pêssego no saquinho
  • Itália – Vinsanto do Vale do Tíber
  • Itália – Carema
  • Itália – Maçã Decio de Belfiore
  • Itália –Stortina Veronese
  • Itália – Soppressata e salsicha do Vale de Diano
  • Itália – Couve velha de Rosolini
  • Itália – Fava cottoia de Modica
  • Itália – Feijão vermelho de Pantano di Pignola
  • Itália – Cebola dourada de Cureggio e Fontaneto
  • Itália – Radicchio Rosa de Gorizia

>> Saiba mais sobre o Terra Madre e o Salone del Gusto

Deixe um comentário:

Últimas notícias

Visual Portfolio, Posts & Image Gallery for WordPress

A comida fala

Date 21 julho, 2022
A temática aqui trazida contempla muito da riqueza de reflexões experienciadas a partir da disciplina de Antropologia da Alimentação, ministrada em 2021,...

Receita: Bolo de Puba

Date 18 julho, 2022
A puba (ou carimã como conhecida em alguns lugares) é mais uma das maravilhas obtidas a partir da deusa da alimentação brasileira...

Comida, Comunidade e Regeneração

Date 18 julho, 2022
Regeneração é o tema do Terra Madre – Salone del Gusto 2022, que tem como objetivo ressaltar o protagonismo da agricultura familiar...

Slow Food Indica

Date 16 julho, 2022
Visibilidade e acesso a mercados mais competitivos para alimentos bons, limpos e justos Mais um passo está sendo dado para qualificar a...