11006403 1028716207156154 3532949127338534890 n

Desafio Slow Fish 2016

Todos os anos o GT Slow Fish Brasil propõe ao público o Desafio Slow Fish que visa conduzir os consumidores a uma experiência única de consumo responsável de pescados. O desafio é proposto sempre na época da Semana Santa, data importante onde se registra o maior consumo de pescados no país.

11006403 1028716207156154 3532949127338534890 n

A Campanha Slow Fish visa conduzir o cozinheiro-consumidor a uma experiência de pesquisa e de observação sobre o quão pouco sabemos de pescados. É um guia incrível de educação ao mesmo tempo que orienta o consumo correto de pescados. Também almeja valorizar o trabalho dos pescadores artesanais e das espécies mais desconhecidas.  Junto com o peixe, a maior parte das comunidades de pesca artesanal se vêem também em vias da extinção, se sentem desvalorizadas e tem a necessidade extrema de sacudir a poeira e remodelar sua cultura empreendedora para chegar até o consumidor final consciente.

Esses dois elos precisam dar-se as mãos, nós consumidores somos co-produtores e temos o poder de reverter essa situação.

Em 2015 o Desafio Slow Fish teve uma incrível repercursão e adesão dos consumidores, foram feitas diversas atividades , detre elas tivemos o engajamento de cozinheiros dos convívios Rio Zona Norte, Porto Alegre, Mata Atlântica, Gastromotiva , ​São Paulo que aceitaram o desafio e cozinharam o pescado correto. O convívio Coré-Etuba fez um vídeo de uma receita super bacana que pode ser assistido clicando aqui .Em Belo Horizonte foi feito um tour pela rota do pescado, que buscou saber de onde, como e porque o pescado chega na capital mineira. O convívio Grande ABC fez a Xepa Fish, coletando e cozinhando a Xepa de pescados totalmente aptos para o consumo mas que por desvalorização comercial vão para o descarte. E o grande êxito da campanha 2015 foi a Slow Fish Week na capital paulista com adesão de diversos restaurantes e chefs que acreditam no consumo local, sazonal e responsável, dentre eles Café Aprendiz, Amadeus, Varanda, Suri em São Paulo, Guaiaó em Santos e Taioba Gastronomia em Camburi.

Seguindo o slogan do movimento Slow Food,  a campanha do Slow Fish atenta para o consumo do Bom, Limpo e Justo.  Desta forma estaremos fomentando toda uma cadeia produtiva sustentável . Desde o pequeno produtor, no caso, Pescadores Artesanais, dedicados a pesca com o uso de embarcações de pequeno e médio porte, ao extrativista-coletor e também  ao Aquicultor, muitas vezes pequeno produtor e produtor familiar, atores que produzem dentro das normas ambientais, cultivo limpo, em pequenas áreas, seja de mar, lagos, seja de rios.  

Esta é uma campanha que necessita da participação de todos  que acreditam nesta maneira de produzir e consumir alimentos.  Todo esse mercado bilionário é estimulado pela tradição sagrada não levando em consideração o consumo responsável , em sintonia com a natureza. Hora de refletir e agir.

Participem, seu consumo muda o mundo.

Para saber mais sobre o Desafio Slow Fish acesse o link: www.slowfoodbrasil.com/slowfish/desafio-slow-fish-day

Ou envie um email para: fish@slowfoodbrasil.com

Esperamos para 2016 um engajamento maior ou igual ao de 2015, o mercado pesqueiro no país ainda é uma incógnita e precisamos, nós consumidores co-produtores decifrar essa linguagem.

Deixe um comentário:

Últimas notícias

Visual Portfolio, Posts & Image Gallery for WordPress

Cultura Alimentar é resistência!

Date 18 maio, 2021
Uma população em conexão com o seu território, consciente de sua biodiversidade, saberes e práticas e conhecedora dos seus sistemas agroalimentares possui...