Lançamento do livro: Caracol de Práticas Educativas

Livro Caracol de Práticas Educativas produz e compartilha diversas metodologias para EAN.

A Comunidade Slow Food Brasil Educação, grupo de trabalho temático da rede brasileira do Slow Food, está lançando seu primeiro livro de autoria coletiva, o Caracol de Práticas Educativas, publicado pela Associação Slow Food Brasil com o apoio da cooperação internacional Misereor.

A publicação é uma teia de ideias e propostas metodológicas que resulta de oito anos de intercâmbios entre educadores e educadoras com diferentes atuações que exploram de forma profunda e indisciplinar as conexões entre comida e educação. “Para nós, a conversa entre educação e alimentação é infinita, surpreendente e bela. O ato de comer é algo universal, comum à vida de todas as pessoas em todas as partes do mundo, portanto, fonte renovável de possibilidades de construir e compartilhar conhecimento.” (CSF Educação)

O conteúdo do livro, assim como o do documentário Nhandereko: comida e educação (disponível no youtube do Slow Food Brasil), produzido numa mesma iniciativa, alinha os princípios da educação do gosto abordados globalmente pelo movimento Slow Food à construção e afirmação de políticas públicas de segurança e soberania alimentar e nutricional (SSAN) no Brasil. Se inspira principalmente na construção das noções de Educação Alimentar e Nutricional (EAN) e Comida de Verdade, assim como no Guia Alimentar para a População Brasileira do Ministério da Saúde.

São direcionados a um público muito amplo, quando expandem a ideia de educador alimentar para todo e qualquer ator e espaço envolvido por sistemas alimentares. Assim, professoras da rede pública, projetos socioambientais, mães e pais, comunicadorxs, cozinheirxs, agricultorxs, profissionais da nutrição, saúde, assistências social, estão todos e todas convidados a fazer parte deste CARACOL.

As práticas educativas apresentadas no livro conversam com as diversas temáticas presentes em campanhas e programas do Slow Food. “Encontram no alimento um caminho repleto de veredas para se educar, uma educação que se sustenta na experiência e no afeto como fontes sutis e potentes de transformação. Uma educação que emancipa e que nos prepara para a transição ecológica necessária à vida em nosso tempo.” (CSF Educação)

É possível baixar o livro Caracol de Práticas Educativas clicando aqui. Já o documentário Nhandereko: comida e educação está disponível no canal do Youtube do Slow Food Brasil. Bom apetite!

Leave a Comment:

Últimas notícias

Visual Portfolio, Posts & Image Gallery for WordPress

Dona_joana_manue_foto_Jussara_Dantas

Três vezes manuê

Date 1 dezembro, 2022
O manuê ou manauê é um bolo de milho e melado de cana com muito sabor e muita história. Faz parte do...

WhatsApp-Image-2022-11-17-at-16.22.06

“É preciso mudar radicalmente o sistema alimentar vigente”, defende Carlo Petrini, fundador do movimento Slow Food, em evento realizado em São Paulo no início de novembro de 2022.

Por mais ativismo alimentar na gastronomia

Date 18 novembro, 2022
“É preciso mudar radicalmente o sistema alimentar vigente”, defende Carlo Petrini, fundador do movimento Slow Food, em evento realizado em São Paulo...

taioba Festival Arca do Gosto 2016

Festival Arca do Gosto

Date 16 novembro, 2022
O Festival Arca do Gosto é um festival ecogastronômico voltado para a sensibilização de restaurantes e comensais sobre a biodiversidade e os...