Tecendo Redes

O projeto Tecendo redes pelo alimento bom, limpo e justo para todos, foi uma realização da Associação Slow Food do Brasil com apoio da Fundação Heinrich Böll, e criou a oportunidade de fomentar junto à rede Slow Food Brasil aspectos cruciais para sua mobilização por meio de embasamento, apropriação e pertencimento da filosofia proposta pelo Slow Food; consolidação da rede Slow Food Brasil e engajamento de ativistas; e articulação e mobilização para incidência política.

Sementes livres: tecnologia ancestral para a sobrevivência humana

Comunidades tradicionais e camponesas lutam pela salvaguarda das sementes, e contra a chegada das novas biotecnologias e de outras ameaças nos territórios É pedindo licença para os antepassados que a guardiã de sementes começa sua fala, e é provavelmente desse mesmo modo que Vanessa de França inicia os trabalhos nas roças quilombolas. Nascida e criada…

Continuar… Sementes livres: tecnologia ancestral para a sobrevivência humana

Documento de Posicionamento sobre Sementes, Organismos Geneticamente Modificados e Novas Biotecnologias, do Slow Food Brasil

Baixe o Documento de Posicionamento do Slow Food Brasil sobre Sementes, Organismos Geneticamente Modificados e Novas Biotecnologias para ler o conteúdo na íntegra. Este documento se baseia em Las Semillas Según Slow Food, de autoria de Marta Messa e Francesco Sottile, no Documento de Posicionamento do Slow Food sobre Organismos Geneticamente Modificados, do Slow Food Internacional…

Continuar… Documento de Posicionamento sobre Sementes, Organismos Geneticamente Modificados e Novas Biotecnologias, do Slow Food Brasil

Documento de Posicionamento sobre Bem-Estar Animal e o Consumo de Carnes do Slow Food Brasil

Baixe o Documento de Posicionamento sobre Bem-Estar Animal e Consumo de Carne do Slow Food Brasil para ler o conteúdo na íntegra. Este documento se baseia em O bem-estar animal, segundo o Slow Food, de autoria de Anne Marie Matarrese. Foto de capa de Bernardo Simões, retratando a criação de porco moura no Paraná. O Documento de…

Continuar… Documento de Posicionamento sobre Bem-Estar Animal e o Consumo de Carnes do Slow Food Brasil

Do fruto do babaçueiro à cozinha paraense, agroecologia e luta pelo território

No nordeste e no norte do Brasil, movimento das mulheres Quebradeiras de Coco Babaçu e ponto de cultura alimentar paraense são exemplos nacionais de agroecologia, de luta pelo território e por um modo de vida Comunidade Cajá, D. Pedro/MA. Foto: Thomas Bauer Do coco babaçu saem sabão, óleo, carvão, cosméticos, leite vegetal, artesanato e até…

Continuar… Do fruto do babaçueiro à cozinha paraense, agroecologia e luta pelo território

Documento de Posicionamento do Slow Food Brasil sobre Agroecologia

Baixe o Documento de Posicionamento do Slow Food Brasil sobre Agroecologia para ler o conteúdo na íntegra. Este documento é baseado no Position Paper on Agroecology (2015), de autoria de Cristiana Peano e Francesco Sottile. Foto de capa por Patrícia Moll, da Fortaleza Slow Food do Cacau Cabruca do Sul da Bahia (Pré-Assentamento Dois Riachões, Ibirapitanga/BA).…

Continuar… Documento de Posicionamento do Slow Food Brasil sobre Agroecologia