Manifesto Slow Food pela Educação

Manifesto Slow Food pela Educação

Manifesto Slow Food pela Educação
Faça download do Manifesto Slow Food pela Educação (PDF)

Introdução política

Atentos ao fato de que educação e instrução de futuras gerações não podem ser providas inteiramente pelas instituições, acreditamos que oferecemos uma abordagem educacional mais ampla, assim como envolvendo outros atores de uma forma cooperativa.

Educação é responsabilidade individual e coletiva que pertence a todos, mas que deve ser íntimo a cada um de nós. Ela deveria ser adotada e aplicada em escola assim como em política, associações, cooperativas, centros culturais, famílias e qualquer outro contexto possível.

É de grande importância recuperar e manter o papel da comunidade para garantir a continuidade de todo o conhecimento ligado à cultura material e cultural, incluindo a cultura alimentar.

Acreditamos que o alimento é o instrumento ideal com o qual experimentamos e promovemos uma educação articulada, complexa e criativa que valorize a interdependência, o meio ambiente e os bens comuns.

Slow Food defende que todos tem o direito à educação, sem distinção de gênero, idioma, etnia ou religião. Educação deveria ser disponível em vários locais em qualquer idade, a fim de que não seja transferido para a próxima geração aquilo que podemos melhorar hoje. É apenas através de uma população educada, crítica e motivada que os países podem dar o melhor de si.

O direito à educação não pode permanecer uma declaração abstrata, já que estes princípios são violados quando eles não são ativos.

» Acesse a área sobre Educação do Gosto e saiba mais sobre as ações realizadas e conheça os materiais educativos disponíveis

 

Deixe um comentário:

Últimas notícias

Participe do Terra Madre Brasil 2020

Date 9 novembro, 2020
Nesse vídeo Bela Gil, Valentina Bianco, Wilson Dias, Revecca Tapie, Marcelo Podestá, Gabriela Bonilha, Luciano da Silva Ferreira e Leidiane Mendes contam...